Telebras marca concurso e eleva rumores sobre a não privatização


Privatização da Telebras passa a ser dúvida/Crédito: Divulgação
Privatização da Telebras passa a ser dúvida/Crédito: Divulgação

A privatização da Telebrás passou a ser dúvida no mercado. A venda da estatal está fora do cronograma de desestatização deste ano e, nesta semana, a empresa publicou edital de concurso para preenchimento de 40 vagas de níveis superior e técnico, sendo a maioria para trabalhar em Brasília.

As inscrições se encerram nesta sexta-feira, 21. Os candidatos com nível médio e superior farão a prova objetiva no dia 20 de fevereiro. No mesmo dia será realizada a prova discursiva para ambos os cargos. A autorização para realização do concurso é do Ministério da Economia.

PUBLICIDADE

Em janeiro do ano passado, O conselho do Programa de Parcerias de Investimentos aprovou estudo técnico sobre a Telebras, realizado pelo Comitê Interministerial. Na decisão, foi autorizada a continuidade do levantamento, que tem por objetivo aprofundar as alternativas para desestatização da empresa de telecomunicações.

A construção da rede privativa do governo, com recursos do leilão do 5G, resultou em novas especulações sobre o futuro da Telebras. A estatal chegou a ser cogitada como a gestora da rede e, nesse caso, sairia da lista de estatais privatizáveis. Entretanto, o martelo parece que ainda não foi batido.

O Ministério da Economia continua responsável pela contratação de instituição financeira de notório saber, que será paga por parte dos recursos apurados na alienação. Porém, fica mantido o Comitê Interministerial instituído pelo Decreto nº 10.067, de 15 de outubro de 2019, até a conclusão dos estudos de que trata o artigo 1º do referido Decreto, com a finalidade de subsidiar e orientar as decisões do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República, com a participação do BNDES.

Até agora nada avançou. O estudo sequer foi contratado.

PUBLICIDADE
Anterior Lenta adoção do 5G SA impacta redes móveis
Próximos Vivo Empresas lança novo serviço de voz na nuvem