Primeiro relatório da Opensignal em parceria com Anatel mostra Claro e TIM à frente em vídeo


Relatório da Opensignal, divulgado pela Anatel, mostra que Claro e Tim apresentam a melhor pontuação no quesito experiência em vídeo. As duas operadoras obtiveram a classificação “muito bom”, o melhor resultado do levantamento, e ficam à frente de Vivo (“bom”) e Oi (classificada como “regular”).

PUBLICIDADE

É o primeiro relatório resultante de parceria da Anatel com a consultoria. O documento apresenta também dados referentes a experiência com games; velocidade de download e upload; e métrica de disponibilidade 4G.

A Tim soma 66 pontos em experiência de vídeo, em pontuação de 0 a 100. Claro vem encostada, com 65,5. Vivo aparece com 64,2, e Oi , 55.

Segundo o informe, o cálculo de experiência de vídeo mede diretamente streaming de vídeo em terminais de usuário, utilizando uma abordagem baseada na UIT que leva em conta a qualidade da imagem, tempo de carregamento e taxa de travamento, em redes 3G e 4G.

A métrica de experiência de vídeo é calculada em escala de 0 a 100. A classificação funciona assim: de 75 a 100 pontos, excelente; de 65 a 75, muito bom; 55 a 65, bom; 40 a 55, regular; e de 0 a 40, ruim.

A Claro lidera nas categorias de experiência com velocidade de download e de upload. A prestadora atingiu 23,4 Mbps na métrica de download e 8,0 Mbps na métrica de upload.

A TIM é a primeira na métrica de disponibilidade 4G. Os usuários da Opensignal clientes da prestadora estiveram conectados a uma rede de quarta geração 89,88% do tempo, Vivo em 81,69% do tempo e Claro 78,64%.

Na categoria Experiência com Games nenhuma foi bem. Claro, Tim e Vivo estão classificadas como “ruim”, e a Oi como “muito ruim”.

Todos os dados se referem a medição ocorrida em um período de 90 dias, de 1 de março de 2021 a 29 de maio de 2021.

Estados rápidos 

O relatório da Opensignal também mostra a performance de cada Estado. O Rio Grande do Sul lidera em velocidade de download. Chegou a 21,1 Mbps.

Distrito Federal, com 20,9; Santa Catarina, com 19,5; São Paulo, com 19,0; e Rondônia, com 18,9, completam a lista dos cinco com internet mais rápida. O Pará é o mais lento, com 13,8.

Quando a questão é a velocidade de upload, o Distrito Federal é o mais rápido, com 8,8 Mbps. Depois vêm Goiás (7,76), Rondônia (7,65), Espírito Santo (7,13) e Mato Grosso do Sul (7,08). Na ponta da lentidão está o Maranhão, com 5,17.

O Distrito Federal também lidera a disponibilidade de 4G, com 87,6%. Amazonas (85,8%), Roraima (83,3%), Goiás (83,2%) e Acre (83.0%) formam o top 5 com ele.

PUBLICIDADE
Anterior TIM Brasil terá papel central nos lucros de 2021 da Telecom Italia
Próximos Regras do TSE para eleições de 2022 miram fake news