Presidente e vice da Anatel questionam a legalidade da decisão AT&T Time Warner


Com a aprovação, por maioria de votos, da operação de compra dos estúdios Time Warner pela operadora de telecomunicações AT&T, que controla no Brasil a empresa de TV paga Sky, o presidente e vice-presidente da Anatel apresentaram voto contrário à decisão, por entender que ela é ilegal e inconstitucional.

‘Estratégia ilusionista para driblar a proposta da lei, que é de condicionar o mesmo grupo econômico nos dois elos da cadeia – o da programação e distribuição de conteúdo audiovisual”, afirmou o presidente Leonardo de Morais. Ele frisou que, embora não concorde com a atual lei do SeAC, ela precisa ser cumprida e somente o Congresso Nacional poderia modificá-la.

PUBLICIDADE

 

Anterior Anatel aumenta para R$150 mil multa da Telefônica
Próximos Anatel facilita a aquisição e uso de femtocélulas