PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Gente

Presidente da Telefónica assume comando do conselho da VMO2

CEO da Telefónica e presidente da GSMA, José María Álvarez-Pallete passa a liderar o conselho da Virgin Media O2 (VMO2), operadora que atua no Reino Unido; Mike Fries, CEO da Liberty Global, deixa o cargo, mas permanece no conselho
Presidente da Telefónica passa a liderar o conselho da VMO2
Álvarez-Pallete, presidente da Telefónica, passa a liderar conselho da VMO2, conforme troca rotativa prevista em acordo (crédito: Telefónica/Divulgação)

O presidente do Grupo Telefónica, José María Álvarez-Pallete, acumula, a partir desta quinta-feira, 1º de junho, a presidência do conselho de administração da Virgin Media O2 (VM02). Ele substitui o CEO da Liberty Global, Mike Fries, no cargo.

Álvarez-Pallete também é presidente da GSMA, entidade que representa as operadoras móveis de todo o mundo.

A troca de comando do conselho de administração faz parte do acordo estabelecido na criação da empresa, cujas operações ocorrem no Reino Unido. A VMO2 é uma joint venture entre a O2, subsidiária de telefonia móvel da Telefónica, e a Virgin Media, operadora de TV paga e banda larga fixa da Liberty Global.

Em síntese, a presidência do conselho é rotativa a cada dois anos entre as companhias participantes do negócio. Mesmo deixando a liderança, Fries continua como membro do conselho da joint venture.

Vale lembrar que a fusão foi autorizada pela Autoridade de Mercados e Competição (CMA, na sigla em inglês), órgão regulador britânico, em abril de 2021. O aval foi dado sem nenhuma posição condicionante.

A união de forças entre as subsidiárias da Telefónica e da Liberty Global no Reino Unido foi anunciada em maio de 2020. A operação teve início no dia 1º de junho de 2021.

Em relatório financeiro do primeiro trimestre deste ano, a multinacional espanhola apontou que as receitas cresceram 4,9% no território britânico. No período, entre todos os territórios em que a gigante de telecomunicações atua, o faturamento da VMO2 só cresceu menos do que o da Vivo (12,1%) e da unidade da Telefónica na Alemanha (8,3%).

No final do ano passado, a Virgin Media O2 desistiu de comprar a operadora de TV a cabo e banda larga TalkTalk, em razão de incertezas regulatórias. A proposta para adquirir a concorrente era de 3 bilhões de libras (aproximadamente R$ 18,87 bilhões).

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Demanda por DWDM cresce e Multi PRO | ZTE amplia portfólio.
Além do DCI ZXONE – 7000 C2D produto lançado recentemente, a marca trará atualizações para equipamentos que já estão no mercado