Presidente da Telecom Italia interino será Marco Patuano. Futuro da TIM continua incerto.


 

Em um lacônico comunicado distribuído agora, a Telecom Italia informa que o presidente do Conselho de Administração, Franco Bernabè, renunciou do cargo. No comunicado, o conselho agradece Bernabè por seu comprometimento com o grupo, mas a empresa informa que o executivo não apresentou razões para sua saída. A empresa informa que a reunião do conselho de administração continua, e que está sendo presidido pelo vice-presidente, Aldo Minucci. No final da noite, a empresa comunica que o novo Chairman temporário será Marco Patuano, que irá comandar também o conselho de administração da empresa. O board aprovou também a remuneração pela saída de Bernabé da emrpesa. Ele vai receber 6,6 milhões de euros como compensação por não ter completado integralmente o seu mandato e para ficar 12 meses de quarentena, sem ingressar em qualquer outra empresa de telecom.

 

Bernabé defendia uma capitalização de pelo menos 5 bilhões de euros, para garantir os próximos investimentos e evitar que os papéis da operadora italiana sejam reabaixados para o menor nível, ou “junk”. A dívida da Telecom Italia é de 50 bilhões de euros.

A Telefónica, por sua vez, que neste mês ampliou a participação na empresa italiana, comprando ações preferenciais dos atuais controladores, mas com opção de transformar os papéis em ações ordinárias em 2014, prefere a venda da operadora brasileira, a TIM, como alternativa para capitalizar a matriz italiana.

PUBLICIDADE

Com a saída de Bernabè fica sinalizado que não houve concordância com o projeto de aumento de capital da operadora italiana. Fazendo com que o futuro da TIM fique ainda mais incerto, podendo ser vendida para pelo menos abater uma parte da dívida da operadora italiana.

Comentava-se há algumas semanas que a TIM poderia ser “fatiada” e vendida em pedaços para os atuais players que atuam no mercado – Vivo, Claro (América Móvil) e Oi (agora, com mais fôlego, depois da fusão anunciada ontem). Mas esta seria a pior solução, sob a ótica regulatória, pois seria eliminado um competidor no mercado brasileiro.

Novo Chairman

O atual CEO do grupo Telecom Italia, Marco Patuano, acumulará a função de chairman até que o substituto de Bernabè seja escolhido para comandar a holding italiana.

Em novo comunicado do Conselho de Administração, a Telecom Italia informa que pagará a Franco Bernabè 3,7 milhões de euros pelo término de seu contrato e outros 2,9 milhões de euros em um acordo para que Bernabè não assuma cargo em outra empresa de telecomunicações pelos próximos 12 meses.

Leia aqui o comunicado da Telecom Italia.

Leia aqui o segundo comunicado da Telecom Italia

(Da redação)

Anterior Moody's admite subir rating da PT; S&P ameaça cortar o da Oi.
Próximos Passada a euforia da fusão com a PT, ações da Oi perdem mais de 10%