Pregão do Gesac será retomado amanhã. Embratel lidera.


O segundo lote do pregão presencial do Gesac  (Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão) foi interrompido a pedido das empresas e será retomado amanhã às 9h30. Apenas a Embratel e a Vicom permanecem na disputa. O  último lance de hoje foi da Embratel, que ofereceu R$ 1,8 milhão mensal, preço bem abaixo do …

O segundo lote do pregão presencial do Gesac  (Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão) foi interrompido a pedido das empresas e será retomado amanhã às 9h30. Apenas a Embratel e a Vicom permanecem na disputa. O  último lance de hoje foi da Embratel, que ofereceu R$ 1,8 milhão mensal, preço bem abaixo do estipulado no edital, que foi de R$ 5,13 milhões, no máximo.

A Embratel participa do pregão em consórcio com a Telefônica, a Oi e a Brasil Telecom.

Antes da fase de repique, a empresa Vicom liderava com lance de R$ 2,46 milhões, seguida da Embratel, que ofereceu R$ 2,94 milhões e, por último, a Hughes, com lance de R$ 3,67 milhões, mas acabou desistindo.  

As empresas Via Telecom, Telespázio e Global Crossing foram desclassificadas. Este lote compreende a conectividade em banda larga para 6.002 pontos em todas as regiões do país, exceto a Nordeste, contemplada no primeiro lote.

O primeiro lote do pregão, que corresponde a 5.917 pontos do Gesac na região Nordeste, foi vencido sexta-feira pela Embratel, depois de longa disputa com a Vicom. O lance final  foi de R$ 1,49 milhão, valor 70,1% menor do que o máximo estimado de R$ 5,01 milhões mensais.

Anterior A regulação na ponta do lápis
Próximos Claro aguarda nova posição da TI após 5 de maio