Polícia Federal faz operação contra uso ilegal, no Brasil, de satélite norte-americano.


 A Polícia Federal deflagrou hoje a operação “Satélite” para interromper o uso ilícito de satélites militares norte-americanos a partir de pontos do território nacional. A investigação contou com a participação da Anatel, que ratificou as coordenadas geográficas dos pontos indicados pelo Departamento de Defesa Americana, controlador dos satélites FLEETSAT-8 e UFO.O sistema utilizado no Brasil, …

 A Polícia Federal deflagrou hoje a operação “Satélite” para interromper o uso ilícito de satélites militares norte-americanos a partir de pontos do território nacional. A investigação contou com a participação da Anatel, que ratificou as coordenadas geográficas dos pontos indicados pelo Departamento de Defesa Americana, controlador dos satélites FLEETSAT-8 e UFO.O sistema utilizado no Brasil, para comunicação, é resultado da fabricação caseira de transceptores e antenas que trabalham na freqüência e direção desses dois satélites.

Ao todo, serão cumpridos 20 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Federal de Florianópolis/SC nas seguintes cidades: Minas Gerais: Caratinga (06), Uberlândia (1), Governador Valadares (2) e Ubaporanga (1), em Minas Gerais; Goiânia (3), em Goiás; Barra do Garça (1) em Mato Grosso; Palmas (1) e Araguaina (2) em Tocantins; Campo Grande (2) em Mato Grosso do Sul e São José (1), Santa Catarina.

Os infratores identificados responderão pelo crime inscrito no artigo 183 da Lei 9472/97, a Lei Geral das Telecomunicações, e estarão sujeitos às penas que variam de 02 a 04 anos de detenção e multa. (Fonte: assessoria de imprensa da Polícia Federal) .

PUBLICIDADE
Anterior Investimento das operadoras deve cair de 2% a 12%
Próximos TCU libera aquisição de 150 mil laptops para estudantes pelo Mec