Polícia Federal faz operação contra fraude no ComprasNet


shutterstock_ Andrey_Popov_Consumidor_Device_Mercado_Comportamento_A Polícia Federal e o Ministério da Transparência desencadearam nesta quinta-feira, 4, Operação Kamikaze II para desarticular organização criminosa composta por empresários, contadores e administradores envolvidos em fraudes a licitações públicas federais, na modalidade pregão eletrônico, nos Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Rondônia e Acre.

O desvio de recursos pelo sistema ComprasNet acontecia por  empresas com sede em Porto Velho, em Rondônia, que tinha toda a documentação fraudada, conforme a licitação realizada. As empresas participavam de licitações nos anos de 14, 15 e 2016 e logo depois eram extintas.  O esquema faturou pelo menos R$ 1,5 milhão nos pregões eletrônicos. (agência Estado). 

PUBLICIDADE
Anterior Bloqueador de celular em presídio pode ser instalado com recursos públicos, decide STF
Próximos Conselho da Oi insiste em decisão do juiz sobre assembleia