PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Mercado

PLC 79 não influi na recuperação judicial da Oi, afirma Schroeder

O presidente da Oi disse que o PLC 79 vai tirar umas obrigações e colocar outras, mas não interfere na recuperação judicial.

marco-schoroeder-oi

O presidente da Oi, Marco Schroeder, disse hoje durante o Seminário sobre Política de Telecomunicações realizado na UnB, que o PLC 79/2015 não mexe com a recuperação judicial da Oi.

“O PLC é positivo pois traz um novo ciclo de investimento em banda larga. Mas, do ponto de vista da recuperação judicial, ele não terá interferência pois tira algumas obrigações e vai impor outras”, explicou.

Segundo ele, o PLC não vai trazer recursos novos sem obrigações. O texto, que está em tramitação no Senado, transforma as concessões de telefonia fixa em autorizações e cria um novo modelo regulatório para o setor de telecomunicações.

Durante o debate sobre o novo modelo de telecomunicações, Schroeder destacou que é preciso separar os Termos de Ajustamento de Conduta assinados com a Anatel e em análise pelo TCU, do PLC 79. Para o executivo, o projeto de lei é resultado da necessidade de se alterar o modelo de concessão na telefonia fixa, uma vez que o serviço de voz, a seu ver, já está praticamente universalizado. “O que a sociedade quer é a banda larga. Já perdemos muito tempo”, afirmou.

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Demanda por DWDM cresce e Multi PRO | ZTE amplia portfólio.
Além do DCI ZXONE – 7000 C2D produto lançado recentemente, a marca trará atualizações para equipamentos que já estão no mercado