PLC 116: Bernardo prevê impulso à banda larga e à indústria de audiovisual.


A aprovação do PLC 116/2010 hoje foi comemorada pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. “O Senado mostrou disposição para aprovar uma matéria que não é só boa para o governo, mas para toda a sociedade”, disse. Ele prevê redução de preço do serviço e o aumento da oferta de banda larga para mais 4,5 milhões de consumidores, baseado em estudo elaborado pela Anatel.

Além dos benefícios para massificação da banda larga, Bernardo vê na aprovação da matéria a possibilidade da efetiva interiorização da TV a cabo. “Existem mais de 600 pedidos na Anatel de pequenas empresas que querem oferecer o serviço em pequenas cidades”, afirmou.

PUBLICIDADE

O ministro ainda ressaltou o impulso que a proposta dará à indústria de audiovisual, com a implantação das cotas de produção nacional. Para Bernardo, essa política garantirá mais emprego e renda para o setor..

Bernardo disse que vai marcar uma reunião com o presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg, para definir se serão necessários ajustes no regulamento de TV a cabo, que está em exame na agência.

PUBLICIDADE
Anterior Senado aprova projeto da TV paga sem alteração
Próximos Aprovação do PLC 116 garante ampliação dos investimentos, diz setor