PIX começa a funcionar no país em 16 de novembro


O Banco Central (BC) instituiu oficialmente o Pix e aprovou seu regulamento nesta quarta-feira, 12. O lançamento oficial foi confirmado para 16 de novembro e o início do registro das Chaves Pix (como número de telefone celular, e-mail, CPF, CNPJ) para 5 de outubro.

O Pix é um sistema de pagamentos instantâneos que permitirá também transferências entre pessoas, empresas e governo, a qualquer hora do dia, inclusive no fim de semana e em feriados, com recebimento em poucos segundos.

PUBLICIDADE

“A divulgação do Regulamento Pix é mais um grande passo para concretizar a entrega do Pix à população, disponibilizando um meio de pagamento seguro, inclusivo e inovador a cidadãos e empresas. Certamente o Pix trará mais competitividade e eficiência para o mercado de pagamentos e com ele surgirão muitas oportunidades”, ressaltou o diretor João Manoel Pinho de Mello.

A elaboração do Regulamento contou com a participação dos agentes de mercado e dos potenciais usuários, por meio de discussões do Fórum Pix e das contribuições recebidas na Consulta Pública nº 76. Foram promovidas alterações para ampliar a participação e a competição, e garantir a segurança do ecossistema.

Foi criada uma nova modalidade de participação, liquidante especial, para abarcar instituições que tenham como objetivo exclusivo prestar serviço de liquidação para outros participantes, não ofertando envio ou recebimento de um Pix a usuários finais.

Ainda no contexto de medidas para promoção da competição, foram realizadas alterações nas condições de participação das instituições de pagamento não sujeitas à autorização do BC e no papel dos participantes responsáveis junto a tais instituições. Essas instituições, ao aderirem ao Pix, passam automaticamente a integrar o Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB), ficando sujeitas a uma regulação mínima, com o custo de observância proporcional ao risco oferecido.

Além disso, determinou-se a redução do capital mínimo requerido dessas instituições, equalizando o tratamento em relação a outras instituições reguladas pelo BC. Esse movimento reduz ainda mais as barreiras à entrada, fomentando a participação e a competição, diz o BC.

Pré-datado instantâneo

Também foi incluído no Regulamento a possibilidade de ofertar o “Pix Agendado”, que é a realização de um Pix com liquidação em data futura, bem como incorporadas as regras e definições relacionadas à base de endereçamento.

O Regulamento contempla vários manuais técnicos, entre eles o Manual de Uso da Marca, que disciplina como os participantes devem utilizar a marca Pix. Também determina que haja previsão de cumprimento das regras de utilização da marca nos contratos que os participantes estabelecem com os estabelecimentos comerciais. Após a divulgação do Manual, as instituições em adesão já podem utilizar a marca e iniciar ações de comunicação e marketing relacionadas ao Pix junto a seus clientes.

Também fazem parte do Regulamento aprovado hoje os Requisitos Mínimos para a Experiência do Usuário, que preveem que os participantes do Pix devem ofertar ao usuário final uma experiência simples e intuitiva, com opções para realização das transações fáceis de serem encontradas, segura, com clareza de linguagem, ágil, precisa, transparente e conveniente.

Anterior PIX traz redução de custos e oportunidades de novos negócios, dizem teles
Próximos Publicada a resolução da Anatel que destina Banda S a todos os serviços