Pesquisa mostra que 5G é até 30x mais rápido que o WiFi público


Uma análise da consultoria britânica OpenSignal acirra o debate sobre a velocidade de WiFi e 5G, e mostra que este último é mais rápido, ainda que com reservas. Segundo a avaliação, “existem grandes diferenças na experiência 5G, dependendo das frequências usadas para o serviço. Alguns tipos de 5G têm disponibilidade muito semelhante ao Wifi público”.

De acordo com medições da empresa, donos de smartphones 5G passam aproximadamente 0,5% de seu tempo conectados a 5G mmWave enquanto normalmente passam 20-30% do tempo conectados ao tipo mais comum de 5G usando bandas de frequência abaixo de 6 GHz, nos EUA. “Na verdade, 5G mmWave o alcance é muito mais limitado do que outros tipos de 5G, semelhante ao Wifi público”, aponta.

Velocidades de download no celular são muito mais rápidas do que Wifi público; mmWave 5G é quase 30 vezes mais rápido

As velocidades também variam muito. “Com a tecnologia 5G mais comum – usando bandas de frequência abaixo de 6 GHz – os usuários de smartphones veem velocidades de download quase três vezes mais rápidas em 5G (63,9 Mbps) do que usando Wifi público (21,9 Mbps). Mas, apesar da disponibilidade semelhante de 5G mmWave e Wifi público, as velocidades médias dos usuários de smartphones com 5G mmWave – 640,5 Mbps – são quase trinta vezes mais rápidas do que aquelas vistas ao usar Wifi público“, apresenta o documento.

O Wifi público tem muitas diferenças em relação ao celular, o que explica as velocidades mais fracas dos usuários em comparação com o celular e com outros tipos de localização Wifi, por exemplo, em casa ou no escritório. A OpenSignal sinalizou pontos que podem acentuar tais diferenças, como interferência de sinais concorrentes, instalações de banda larga com fio lento e pontos de acesso Wifi de alta qualidade insuficientes.

A OpenSignal especifica ainda mais as diferenças entre os serviços. “Existem diferentes tipos de experiência 5G. O 5G mais rápido e de maior capacidade, mmWave, usa frequências extremamente altas que têm cobertura limitada e são mais parecidas com Wifi. As operadoras que desejam cobrir uma cidade perfeitamente em mmWave 5G precisam implantar muito mais antenas mmWave e estações base do que para serviços 4G ou sub-6 GHz 5G. Isso torna o 5G mmWave mais semelhante ao Wifi do que as redes celulares tradicionais.”

4G perde

E vai adiante. “Quando analisamos as velocidades de upload, o benefício do 5G em relação à geração 4G mais antiga transparece. Os usuários que se conectam com 5G mmWave veem velocidades médias de upload de 33,3 Mbps, que é quase três vezes mais rápido do que 11,2 Mbps ao usar Wifi público.”

“Outros tipos de 5G também são mais rápidos, mas os usuários que se conectam com 4G veem velocidades médias de upload de 8 Mbps, o que é 3,2 Mbps mais lento do que ao se conectar a um Wifi público. A velocidade de upload é importante para compartilhar em mídias sociais, enviar grandes anexos de e-mail, fazer chamadas de vídeo e conectar-se a redes de trabalho usando redes virtuais privadas (VPNs)”, continua.

“Os dados da OpenSignal destacam o quão superior o 5G mmWave pode ser quando disponível. E essa experiência ultrarrápida de 5G mmWave é especialmente nítida quando comparada com a alternativa Wifi pública”, conclui.

Os usuários percebem velocidades de upload mais rápidas em todos os tipos de 5G, mas 4G é muito mais lento

No Brasil, essa questão do WiFi versus 5G também é bem sensível. Já gerou debate intenso na Anatel, com operadoras pressionando para ter acesso exclusivo a um frequência (6GHz) que terminou destinada ao WiFi. Vale ressaltar, no entanto, que o WiFi público medido pela OpenSignal não, necessariamente, é do padrão 6.

Anterior Rede privativa proposta pela Telebras é diferente da prevista no leilão 5G, diz Minicom
Próximos Oi tem novo diretor de marketing