Pesquisa mostra crescimento da mobilidade no mercado corporativo


Cada vez mais, a mobilidade se firma como um fator importante nas estratégias corporativas que visam a melhoria da eficiência operacional e da produtividade. Essa é uma das conclusões do Barômetro de Mobilidade Empresarial no segmento de Manufatura, divulgado hoje pela Motorola. A pesquisa revela que, entre os entrevistados, mais de sete em cada dez …

Cada vez mais, a mobilidade se firma como um fator importante nas estratégias corporativas que visam a melhoria da eficiência operacional e da produtividade. Essa é uma das conclusões do Barômetro de Mobilidade Empresarial no segmento de Manufatura, divulgado hoje pela Motorola. A pesquisa revela que, entre os entrevistados, mais de sete em cada dez responsáveis pela área de TI da indústria de manufatura otimizam suas operações com soluções móveis sem fio. De acordo com o estudo, fabricantes que utilizam essas aplicações economizam 42 minutos diários por funcionário.

Foram analisadas empresas de 44 países, de quatro continentes, das quais 80% afirmaram que hoje a mobilidade é mais importante para suas organizações do que era em 2008. Este dado representa um aumento de 9% em relação à pesquisa anterior e indica que essas soluções ganham cada vez mais importância na busca da melhoria da eficiência operacional e da produtividade no atual contexto macroeconômico.

Além disso, mais de 25% dos entrevistados apontaram o gerenciamento de materiais/estoque e soluções de força de vendas como os principais fatores que levam as organizações a investirem em mobilidade. A análise mostra, ainda, uma crescente demanda por soluções de força de vendas e de serviços de campo. Das empresas pesquisadas que utilizam essas soluções, 29% afirmaram ter aumentado sua receita e 25% informaram ter obtido melhora na satisfação do cliente/parceiro.  

PUBLICIDADE

Do ponto de vista geográfico, empresas de todas as regiões concordaram que o gerenciamento de estoque é fundamental para a indústria de manufatura. As empresas localizadas na Ásia-Pacífico destacaram a importância das soluções voltadas para o cliente, enquanto as da América e Europa citaram as ferramentas de força de vendas. “Isso significa que aqueles que investem em infraestrutura sem fio e dispositivos específicos percebem ganhos na produtividade de seus funcionários, aceleração na velocidade de investimentos em matérias-primas e maior precisão e relevância dos dados em tempo real”, analisa o estudo.

Os entrevistados também forneceram informações sobre as tendências para o futuro: os fabricantes planejam usar mais voz sobre WLAN, convergência fixo/móvel e ferramentas de gerenciamento/manutenção de ativos durante os próximos 12 a 24 meses. Também é grande o interesse por aplicações de videoconferência e multimídia. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Accenture e Cisco ampliam aliança estratégica
Próximos Lucro da AT&T tem queda no segundo semestre