Pernambuco expande cobertura da banda larga em parcerias com ISPs


Programa Repepe em Pernambuco / Foto: Divulgação

O  governo de Pernambuco conseguiu expandir a cobertura de banda larga por meio de parcerias celebradas com pequenos provedores regionais, os ISPs. Uma meta alcançada por meio do projeto Repepe (Rede Pernambucana de Pesquisa e Educação), que visa melhorar a internet de escolas públicas, centros de pesquisa, parques tecnológicos, bibliotecas, museus, hospitais de ensino e campi universitários.

A experiência é também desenvolvida com o apoio de prefeituras e da União, em conjunto com a RNP (Rede Nacional de Pesquisa e Ensino), segundo relatou o secretário estadual de Ciência e Tecnologia de Pernambuco, Lucas Ramos na Feira de Negócios e Congresso Online INOVAtic, que vai de hoje até sexta-feira, 27, promovida pelos portais Tele.Síntese e Ponto ISP.

Ramos acrescentou que a Repepe está em expansão. Hoje mesmo, no Diário Oficial, foi publicada uma autorização de orçamento, assinada pelo governador Paulo Câmara, no valor de R$ 9 milhões, para lançamento de programa denominado Saúde Conectada, que vai permitir a interligação entre todas as unidades de saúde do estado.

PUBLICIDADE

O Repepe visa contribuir para a aceleração da inovação e a competitividade econômica por meio da conectividade, favorecendo a cooperação e as alianças de conhecimento. A primeira fase foi concluída em junho de 2018 e conecta os anéis do Grande Recife ao Vale do São Francisco. A rede é composta de 1.175 km de fibra óptica, que foram instaladas ao longo do estado, e percorrem 10 das 12 regiões de desenvolvimento de Pernambuco.

A iniciativa custou cerca de R$ 43 milhões, sendo que R$ 36,3 milhões são oriundos da iniciativa privada, sobretudo de provedores e empresas locais. A rede em torno da capital, foi expandida e permitiu que mais instituições e pontos como escolas estaduais, fossem conectadas com internet. A Segunda fase já está em andamento e visa o lançamento das redes municipais. O primeiro município a ganhar o anel municipal foi Caruaru.

Anterior Senado aprova PL de recuperação judicial que reduz dívidas tributárias da Oi
Próximos Sem concorrentes, Highline e Piemonte vão levar Torres e Data Center da Oi