Para Huawei, 5G vai revolucionar o uso das tecnologias no campo


Já existe muita tecnologia aplicada no campo, mas com o 5G as soluções darão um passo a mais. É o que defende o diretor de Marketing da Huawei, Rômulo Horta, um dos palestrantes no Agrotic 2021 nesta terça-feira, 4, evento promovido pelo Tele.Síntese, em parceria com a ESALQTec. Segundo o executivo, o trabalho de análise dos dados recolhidos poderá ser feito em tempo real com a nova tecnologia, enquanto hoje é feito em até 10 dias. 

As soluções já desenvolvidas pela Huawei vão desde o controle de rebanho até o acompanhamento florestal, passando pela agricultura inteligente. No caso da pecuária de precisão, é possível acompanhar as condições de saúde de cada animal, uso dos pastos e gestações, facilitando a tomada de decisão no controle de doenças, com menos participação humana. 

PUBLICIDADE

A agricultura inteligente, sensores, câmeras hiperespectrais, carros autônomos podem acompanhar, em tempo real, como está o solo, o clima, as condições de manejo. Com isso, é possível decidir o que fazer para corrigir algum problema, como o uso de agrotóxicos em área específicas, evitando uma contaminação maior. “O produtor ganha tempo em encontrar as pragas, mas otimizar o uso de recursos para debelar essa doença”, ressalta. 

Já o acompanhamento florestal prevê o combate a queimadas em tempo real, por meio de sistemas de imagens de alta resolução. Com o sistema, é possível avisar a quem está mais próximo dos focos de incêndio e acionar mais rapidamente o socorro. Além disso, é possível antecipar queimadas pela detecção da hidratação das plantas. 

Para Horta, uma das formas de levar o 5G para a ponta será a alicança com outras indústrias, como a de energia elétrica, por meio das smarts grids, cujas linhas de transmissão alcançam toda a extensão rural. “Isso vai permitir uma revolução no campo, agregando IoT e um sistema de gerenciamento bem amplo”, ressaltou. 

 

Anterior Inovação aberta é incorporada nas máquinas agrícolas
Próximos Serviço de pagamentos por WhatsApp chega ao Brasil