Pais “millennials” brasileiros confiam em cirurgias por robôs


A IEEE (entidade técnica de TIC norte-americana) divulgou hoje, 29, pesquisa sobra o uso da Inteligência Artificial (IA) na saúde.   A pesquisa indica como os pais da geração “millennial” (geração que nasceu nos anos 80) no Brasil, Estados Unidos, Reino Unido, Índia e China, com filhos da geração Alpha (8 anos de idade para baixo), pensam como crescer na era de tecnologia de Inteligência Artificial e como poderá impactar a vida das crianças no que diz respeito à saúde.

Conforme a pesquisa, 60% dos pais Millennials no Brasil dizem que muito provavelmente permitiriam robôs-cirurgiões com IA operassem seus filhos. E também que permitiriam que chatbots (equipamentos de reconhecimento de voz) possam utilizar a IA diagnosticar o filho.

PUBLICIDADE

Na Ásia, os pais são significativamente mais propensos a permitir que robôs de IA realizem cirurgias em crianças Alpha –  (China: 82%; Índia: 78%). Mas na Inglaterra e nos Estados Unidos, são mais reservados quanto ao uso dessas alternativas para a saúde de seus filhos. (com assessoria de imprensa)

Anterior Empresas regionais puxam o crescimento da banda larga em julho
Próximos STF adia mais uma vez decisão sobre terceirização em todas as atividades