Os fundos de índice chegam à criptomoeda


A Hashdex, gestora focada em criptoativos, saiu na frente lançando o primeiro ETF de índice de cripto no mundo listado na Bermuda Stock Exchange (BSX).

Seja no mercado tradicional ou no universo dos criptoativos, cresce a oferta dos fundos de índices. Esta semana, o Safra iniciou a negociação na B3 de seu Safra Ibovespa Fundo de Índice, ETF (Exchange Traded Fund) negociado pelo código SAET11, refletindo o desempenho do principal índice de ações do Brasil. O ETF é um fundo de índice que possibilita ao investidor aplicar seu capital em várias empresas ao mesmo tempo.

PUBLICIDADE

As cotas do ETF são negociadas na B3 de forma semelhante às ações, com uma carteira que busca retornos atrelados à performance, antes de taxas e despesas, de um índice de referência. Ao adquiri-las, o investidor compra indiretamente todas as ações da carteira teórica do índice por um valor acessível.

Agora a onda contagia o mercado de criptomoedas. A Hashdex, gestora focada em criptoativos, saiu na frente lançando o primeiro ETF de índice de cripto no mundo listado na Bermuda Stock Exchange (BSX) – produto que replica o Nasdaq Crypto Index (NCI), índice co-desenvolvido pela gestora brasileira e pela bolsa de valores americana.

Leia a íntegra da reportagem no Digital Money Inform

Anterior Anatel prorroga por 15 dias a coleta de informações de backhaul
Próximos Paramount Plus chega a 1,5 milhão de licenças no Brasil