Ora Telecom quer “oxigênio” de fundos para atuar em outros estados


Resultado da fusão de quatro ISPs do Piauí, a Ora Telecom se prepara para expansão da atuação em novos estados e não descarta o apoio de fundo de investimento para acelerar o crescimento. “Em breve, teremos um anúncio importante nesse sentido”, afirmou o diretor administrativo da empresa, Wellington Santos, em mesa redonda realizada nesta quarta-feira, 25, na INOVATic 2020, evento do Tele.Síntese.

Para Santos, os fundos de investimentos são oxigênio para os ISPs que querem crescer, mas admite que o valor  de vendada empresa é um número difícil a se chegar. “Quanto vale um cliente da Ora Telecom, para nós que temos um apreço muito grande por eles?”, questiona. Além disso, nessa conta precisa entrar o patrimônio, o planejamento tributário, os equipamentos, as tecnologias. “Ainda não chegamos a um entendimento sobre valor, porque não estamos só vendendo uma companhia, mas histórias”, ressaltou.

PUBLICIDADE

Sinergias

A fusão dos quatro ISPs no Piauí e a integração de redes e clientes buscou o que cada empresa fazia de melhor na área de vendas, marketing, tecnologia e processos de instalação, por exemplo. “Nós juntamos sinergias e criamos o maior operador do estado, com vantagens do ponto de vista de fornecedores, em função do aumento da escala. Agora nosso desafio é crescer para o Ceará, Maranhão e outros estados”, afirma Santos.

A profissionalização do negócio, com contratação de profissionais do mercado, passou a ser uma necessidade que a companhia acatou em busca da qualidade do serviço. “Nós nascemos grandes e queremos ficar gigantes e precisamos dessa profissionalização”, afirmou. Santos acredita que a fusão é bem sucedida

Para crescer mais, desenvolver novas tecnologias é preciso de mais capital, que deve vir de um fundo de investimento. “Essa é a hora dos ISPs e dos fundos de investimentos e precisamos aproveitar o time perfeito”, concluiu.

A INOVAtic é promovida pelo Tele.Síntese em parceria com o PontoISP e vai até sexta-feira, 27. Na feira virtual de negócios há a apresentação de novas tecnologias e promoções da black friday.

Anterior STF julga inconstitucionais leis da BA e do RJ que regulamentavam serviços de telefonia
Próximos MP da desoneração de v-sats está no Ministério da Economia