Operadoras vão mandar aos usuários dicas contra fraudes no ambiente digital


Os setores de telecomunicações, financeiro, de internet, comércio e varejo lançaram hoje a campanha #FiqueEsperto, com dicas e informações para a população sobre a importância de se adotar cuidados com a segurança dos dados pessoais.

A campanha procura alertar os usuários de internet e de serviços digitais para tentativas de fraude que possam ocorrer no ambiente digital e informar sobre os cuidados que devem ser adotados para evitar golpes e problemas resultantes dessas fraudes.

PUBLICIDADE

A iniciativa, liderada pela Conexis Brasil Digital, entidade que representa o setor de telecomunicações, conta com a parceria da Associação Brasileira de Bancos (ABBC), Associação Brasileira de Internet (Abranet), Associação NEO, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net), do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), da Federação Nacional de Bancos (Febraban), da Internet Society Capítulo Brasil (ISOC Brasil) e do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).

Representantes dessas entidades participaram hoje do lançamento, em reunião virtual, na qual foram apresentadas as ações que envolvem a campanha. Entre elas, o hotsite https://fe.seg.br/, que já pode ser acessado a partir desta quarta-feira e que concentra as informações sobre o tema, com dicas de segurança.

Os usuários também receberão mensagens das operadoras pelo celular, alertando sobre as práticas de fraudes mais comuns e sugestões para evitá-las. O mesmo alerta será feito por e-mail para clientes dos segmentos atendidos por entidades apoiadoras e em postagens nas redes sociais.

As mensagens, que se estenderão nos próximos quatro meses, vão orientar os usuários quanto às medidas para proteger suas contas e senhas, dicas para proteger seus dados pessoais e cuidados a serem tomados em mensagens com links e com aplicativos que se fazem passar por outros para enganar os usuários. (Com assessoria de imprensa)

Anterior EUA vão usar fundo de apoio internacional para evitar avanço da China em telecom
Próximos Interferência da 5G sobre a TVRO pode ser resolvida com R$ 224 milhões