Operadoras dos EUA apresentam instabilidade após falhas no Facebook


As operadoras, incluindo AT&T e T-Mobile, tiveram problemas. WhatsApp, Facebook e Instagran continuavam fora do ar até o início da noite. As ações caíam 5,6% na bolsa de Nova Iorque e havia rumores de que os dados dos usuários do face estariam sendo negociados na dark web.

Crédito: divulgação. Operadoras
Crédito: divulgação

As operadoras estadunidenses T-Mobile, AT&T, US Cellular e Cricket Wireless passaram por um pico de instabilidade hoje, 4, após os serviços e produtos do Facebook ficarem fora de ar. As ações da gigante da internet caíram mais de 5 pontos percentuais na bolsa de Nova Iorque.

Uma maioria expressiva dos problemas dos provedores de telecomunicações está relacionado à internet móvel, de acordo com o site Downdetector, que monitora falhas em plataformas. Além disso, alguns usuários reportaram o não funcionamento de envio de e-mails.

PUBLICIDADE

O T-Mobile apresentou 2.507 notificações de instabilidade às 13h33, horário que acumulou mais reclamações. A  AT&T teve um pico de 1.364 notificações às 13h32. Enquanto isso, US Cellular e Cricket Wireless obtiveram 276 e 259 notificações de falhas, respectivamente. Os últimos dois operadores também registraram maior número de notificações perto das 13h30.

Facebook, WhatsApp e Instagran fora

O Facebook também não divulgou quais seriam as causas para a instabilidade. Em comunicado no Twitter, a big tech afirmou que está trabalhando para restaurar a conexão. “Nós estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas com os acessos de nossos aplicativos e produtos. Nós estamos trabalhando para trazer as coisas de volta ao normal o mais rápido possível, e pedimos desculpas por qualquer inconveniente.”

As primeiras notificações no Downdetector de instabilidade nas plataformas vieram às 12h15. Até às 16h30, o site havia registrado 5,26 milhões de falhas nos serviços do Facebook.

As operadoras não foram as únicas a apresentarem problemas depois das plataformas de Mark Zuckerberg pararem de funcionar. Conforme números do Downdetector, o Telegram teve um pico de instabilidade às 15h17, com 1.621 registros. O Twitter, que por enquanto tem sido o refúgio dos internautas, também começou a apresentar instabilidade, e às 16h24 registrou 4.814 reclamações. Apesar de números menos expressivos, os usuários também afirmaram haver problemas no Tik Tok e Google.

 

 

 

Anterior Vivo Fibra chega a mais sete cidades em SP e MG
Próximos CVC confirma ataque cibernético mas não informa áreas afetadas