Operadoras de celular equiparam receitas de dados e de voz, diz SinditeleBrasil


shutterstock_Sergey Nivens_device_telefonia_movel_tendencia_anatel_celular

Se o desempenho do setor de telecomunicações apresenta retração na maioria dos indicadores (receitas, investimentos e base de clientes), conforme divulgou hoje,13, o SindiTelebrasil, pelo menos um segmento de mercado continua a crescer: o dos aparelhos celulares de quarta geração.

Conforme a entidade, em outubro deste ano, já havia 53 milhões de celulares 4G em serviço, contra 52 milhões dos aparelhos de segunda geração. Mas a base de aparelhos de terceira geração ainda é muito grande: são 126 milhões de devices no mercado.

PUBLICIDADE

Segundo o SindiTelebrasil, 79% dos celulares que estão hoje em serviço Brasil podem acessar a banda larga. Com esse grande volume de aparelhos capazes de acessar comunicação de dados, a receita média por usuário com a comunicação de dados praticamente se iguala à receita de voz. No terceiro trimestre deste ano, 49% do ARPU (conta média) das operadoras foi gerado por dados, contra 51% da voz.

Anterior Setor de telecom encolhe este ano, mas está otimista para 2017
Próximos Conselho de Comunicação Social diverge quanto à lei que permite bloqueio de sites