Onze países europeus pedem adiamento da limpeza da faixa de TV para a banda larga móvel


A Europa está com dificuldades de limpar suas frequências para ampliar a oferta de seviço banda larga móvel. Embora tenha sido decidido que a liberação da faixa de 800 MHz, ocupada pelos canais analógicos de TV, é fundamental para a região, onze países pediram mais um adiamento do prazo, que teria que estar concluído em janeiro de 2013. A comissão resolveu acatar o pleito de nove países e, segundo a vice-presidente para a agenda digital, Neelie Kroes, “esta foi a concessão pragmática e final” da comissão.

 

Os países que ganharam mais prazo para a efetivação do switch off da TV analógica são:  Espanha, Chipre, Lituânia, Hungria, Malta, Áustria, Polônia, Romênia e Finlândia. Eslováquia e Eslovênia não foram contempladas em seus pleitos. Grécia, Letônia e República Checa pediram novas avaliações e Bélgica e Estônia também estão atrasadas, mas não pediram prorrogação de prazo. A Bulgária, por sua vez, notificou a Comissão Europeia que vai continuar usando a frequência na segurança pública e defesa.

Atualmente, apenas onze países da Comunidade Europeia conseguiram destinar esta faixa do dividendo digital para a banda larga móvel. ( Da redação).

PUBLICIDADE



Anterior Vivendi confirma venda da operadora de Marrocos
Próximos Bernardo defende urgência para votação do Marco Civil da Internet