Oi vai migrar todos os clientes “possíveis” do cobre para a fibra


Enquanto a Anatel decide as regras que vai adotar para que as concessionárias migrem para o regime privado de prestação de serviço, a Oi se mexe. O CEO da companhia, Rodrigo Abreu, ressaltou hoje, 14, na conferência dos resultados do segundo trimestre, que o plano é migrar todos os clientes possíveis do cobre para a tecnologia de fibra óptica. Isso porque o serviço concedido é baseado no cobre, enquanto a fibra é livre das obrigações comuns da concessão.

“Estamos fazendo o possível dentro das regras para reduzir exposição ao cobre. Estamos migrando todo mundo do cobre para fibra onde for possível, e mantemos a Anatel informada”, disse.

PUBLICIDADE

A seu ver, a agência deve ter um cronograma e uma definição das regras para a migração até o final deste ano, o que permitirá à operadora decidir se adapta ou não sua licença de concessionária para o regime de autorizada em 2021. Mas, somente com todas as regras, a operadora decidirá se fará a migração.

Enquanto isso, a companhia diz que está comunicando a Anatel sobre métricas que impedem a viabilidade do negócio de STFC, mesmo que haja a mudança de regime. “A Anatel está ciente que as obrigações em cobre não serão sustentáveis se mantidas no caso de migração. Qualquer player só vai migrar se tiver um caminho certo para a sustentabilidade”, acrescentou.

Anterior Anatel avisa que pagamento do Fistel não poderá ser parcelado
Próximos Oi vai manter Capex da Infraco em entidade separada até a conclusão da venda, em 2021