Oi vai lançar LTE em 450 MHz, aposta da tecnologia nacional no celular


O Ministério das Comunicações aprovou projeto da operadora, no valor de R$ 76,2 milhões, dentro do programa de incentivo fiscal do REPNBL. A Claro já tinha aprovado também um projeto de LTE na mesma frequência pelo programa de incentivo fiscal do governo.

O desenvolvimento da tecnologia nacional no mundo da telefonia celular – com tão poucos fornecedores globais – começa a dar os primeiros passos concretos. Hoje, 13, foi publicada portaria do Ministério das Comunicações enquadrando um projeto da Oi de LTE na faixa de 450 MHz.

O valor total do projeto é de R$ 76,224 milhões para cobrir o estado de Goiás e Distrito Federal. O uso da faixa de 450 MHz para a banda larga móvel ainda é pouco conhecida no mundo. Mas o governo brasileiro tem apostado neste nicho para estimular o desenvolvimento da tecnologia nacional.

Esta frequência, por ser baixa, permite a cobertura de uma ampla faixa de território, possibilitando a instalação de poucas estações (erbs), propícia para ser usada em áreas rurais. A aposta do desenvolvimento da tecnologia 4G nesta frequência é do Brasil, que conseguiu importante vitória na UIT (União Internacional de Telecomunicações), quando aprovou esta frequência para esta tecnologia.

PUBLICIDADE

A Qualcomm, fabricante de chips, já tinha se comprometido em lançar este produto nesta faixa, e a empresa nacional WxBR já desenvolvia a tecnologia. Faltavam os compradores. Que começam a surgir.

Anterior Sul Americana Tecnologia vai construir backbone no sul do país
Próximos EUA investigam política de cobrança da loja da Apple