Oi terminará 2020 com 2,1 milhões de clientes em fibra


A Oi atingiu a marca de 2 milhões de clientes Oi Fibra, seu serviço de banda larga em tecnologia fiber-to-the-home (FTTH). O resultado foi alcançado apenas oito meses depois de a companhia ter registrado o primeiro milhão de clientes do serviço, com um volume de aquisições sem comparação no mercado de internet de altíssima velocidade.

PUBLICIDADE

A fibra óptica é o principal pilar do plano de guinada da companhia, que passa por recuperação judicial desde 2016. A meta da empresa é se tornar a principal provedora de banda larga FTTH do país nos próximos anos, explicou em coletiva de empresa o vice-presidente de clientes do grupo, Bernardo Winik.

A base de clientes da Oi Fibra cresceu 200% durante 2020 (até hoje), adicionando cerca de 1,3 milhão de novos clientes nos últimos 11 meses. Em função disso, a companhia foi a única entre as principais operadoras a aumentar participação no mercado de ultra banda larga em 2020.

Considerando os números mais recentes, (referentes ao encerramento do 3º trimestre de 2020), a Oi adicionou cerca de 20% mais clientes do que a soma de todas as grandes operadoras de ultra banda larga. Dos novos clientes trazidos para o FTTH, 20% já eram assinantes de xDSL (cobre) da operadora. Os demais 80% são novos na base da Oi.

Esse desempenho também se refletiu na receita, que cresceu quase cinco vezes nos últimos doze meses, atingindo R$ 402,3 milhões, e um valor de receita anualizada futura já superior aos R$ 2 bilhões.

Anterior Consulta vai avaliar proposta de coleta de dados dos satélites em operação
Próximos Oferta vinculante pela Infraco vem até fevereiro, afirma Winik, da Oi