Oi internaliza trabalhadores especializados


A Oi está investindo na capacitação interna e fortalecendo o foco na área de operações para mudar o patamar de qualidade, criando  um novo cenário de entrega de serviços fundamentado em especialização e tecnologia. Neste contexto, a operadora informou que acaba de finalizar um novo desenho da gestão da planta interna (centrais de telecomunicações, equipamentos de transmissão, plataformas de dados, equipamentos da rede móvel, entre outras atividades), com um movimento de internalização de trabalhadores especializados. No final de junho, foram contratados cerca de 4,4 mil profissionais. Toda a Operação e Manutenção dos Equipamentos passam a ser geridos e operados por funcionários próprios da Oi.

“A companhia está focando grande parte de seus esforços em capacitação e especialização de profissionais de uma das áreas mais relevantes da estrutura de operações, que é a planta interna. O objetivo é investir nos recursos que assegurem e sustentem um grande movimento de melhoria de qualidade”, disse o diretor de Operações de Rede, José Claudio Moreira Gonçalves. Com a internalização, haverá também aprimoramento na gestão e controle da operação de campo Oi, manutenção e gerenciamento de rede.

O movimento de capacitação interna confirma as diretrizes que têm sido dadas por Zeinal Bava. Em reuniões no Centro de Gerenciamento de Rede da Oi e em comunicados internos, o novo presidente da Oi tem enfatizado que a tecnologia é fundamental para a transformação da companhia e vem destacando a importância do foco em Engenharia, Operações e TI, como sendo estrutural para o sucesso do setor de telecom.

PUBLICIDADE

Parte da iniciativa de operadora para avançar no nível de qualidade dos serviços está o fortalecimento das estruturas administrativas regionais que ganharão mais autonomia. Na semana passada o novo presidente da Oi Zeinal Bava iniciou uma jornada de trabalho de campo nas Regionais reforçando este posicionamento. Tendo como ponto de partida São Paulo, Zeinal passou ainda por Brasília e Pernambuco. Nas regionais se reuniu com colaboradores locais. (Assessoria de Imprensa).

 

 

Anterior Cresce o cerco pelos impostos das empresas de tecnologia
Próximos Súmula da Anatel limita uso de pedidos de reconsideração