Oi e Faro Energy anunciam novos projetos de Geração Distribuída


A Oi e a Faro Energy fecharam acordo para o desenvolvimento de novos projetos de geração distribuída, com a criação de 5 usinas nos estados de Ceará, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Tocantins.

PUBLICIDADE

As novas usinas contarão com investimento de R$ 33 milhões por parte da Faro Energy e terão capacidade de geração anual de mais de 15 GWh. Começam a funcionar em até 5 meses.

Esse montante de energia seria suficiente para atender aproximadamente 8 mil residências. A Oi e a Faro Energy já têm juntas as usinas de Jaíba e Janaúba, em Minas Gerais, já em operação e que juntas somam 10MWp.

Para a Oi, o projeto atende às diretrizes de sua Política (Plano Plurianual) de ESG, fundamental para o processo de transformação em curso na companhia. “A Oi quer atingir 100% de participação da energia limpa em sua matriz de consumo”, diz Daniel Hermeto, VP de Suporte aos Negócios da Oi e Membro do Comitê ESG.

A Faro também será responsável pelo gerenciamento da compensação de créditos de energia das novas usinas da Oi. Com um total de 6,9 megawatt-pico (MWp) de potência, as usinas devem evitar o lançamento de cerca de 5 mil toneladas de CO² na atmosfera por ano, equivalente à emissão de CO² de mais de 2,1 mil carros e correspondente ao plantio anual de 30 mil árvores.

“Com essas iniciativas, estamos ultrapassando a marca de 17 MWp de usinas dedicadas à Oi, gerando energia sustentável que além de gerar economia para a empresa, irá impactar positivamente as regiões onde as usinas serão construídas”, diz Pedro Mateus, CEO da Faro Energy.

PUBLICIDADE
Anterior Comissão da Câmara aprova texto que suspende regra do GSI para segurança no 5G
Próximos Lucro líquido da Unifique sobe 76,2% no 1º trimestre de 2022