Oi ativa redes 4G em 151 cidades ainda este ano


4g-lte-logoA Oi vai ampliar sua cobertura 4G a mais 151 municípios do Brasil ainda este ano. As redes estão quase prontas para começar a funcionar, e seundo a empresa, até 31 de dezembro serão ativadas. Com a inauguração, serão 284 cidades cobertas com LTE pela Oi em todo o país – cobrindo uma população de 105 milhões de pessoas.

A companhia investiu R$ 3,4 bilhões de janeiro a setembro desse ano, o que representa um crescimento anual de mais de 14%. São, segundo a empresa, investimentos concentrados em redes 3G e 4G, nas ações estruturantes no core da rede móvel e na infraestrutura de transmissão e transporte com implementação dos projetos de infraestrutura, incluindo a expansão do backbone de rede óptica de transporte (OTN) de 100 Gbps, a modernização do Core da rede IP e a expansão de seu acesso por meio do projeto Single Edge.

A empresa acelerou os investimentos, cumprindo o cronograma de obrigações estipulado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A agência definiu o atendimento 3G ou 4G acontecesse até dezembro deste ano em todas as cidades com mais de 100 mil habitantes, como parte da licitação das frequências de 2,5 GHz.

PUBLICIDADE

Abaixo, as novas cidades atendidas com 4G da Oi:

AM – Parintins
AP – Santana
BA – Alagoinhas, Barreiras, Eunápolis, Ilhéus, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Paulo Afonso, Porto Seguro, Simões Filho e Teixeira de Freitas
CE – Crato, Itapipoca, Maranguape e Sobral
ES – Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Guarapari, Linhares e Sao Mateus
GO – Luziânia, Rio Verde, Águas Lindas de Goiás, Formosa, Trindade e Valparaiso de Goiás
MA – Açailândia, Bacabal, Caxias, Codó, Paco do Lumiar, São José de Ribamar e Timon
MG – Araguari, Barbacena, Conselheiro Lafaiete, Coronel Fabriciano, Ibirité, Itabira, Muriaé, Passos, Patos de Minas, Sabará, Teófilo Otoni, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Ubá, Varginha e Vespasiano
MS – Corumbá, Três Lagoas e Dourados
MT – Sinop e Rondonópolis
PA – Abaetetuba, Bragança, Cameta, Castanhal, Marituba, Altamira e Parauapebas
PB – Patos e Santa Rita
PE – Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Garanhuns, Igarassu, Vitória de Santo Antão e São Lourenco da Mata
PI – Parnaíba
PR – Almirante Tamandaré, Apucarana, Arapongas, Araucária, Campo Largo, Guarapuava, Paranaguá, Pinhais, Umuarama e Toledo
RJ – Angra dos Reis, Araruama, Barra Mansa, Cabo Frio, Itaguaí, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Nova Friburgo, Queimados, Resende, Rio das Ostras e Teresópolis
RO – Ji-Paraná
RS – Alvorada, Bagé, Bento Goncalves, Cachoeirinha, Passo Fundo, Rio Grande, Santa Cruz do Sul, Sapucaia do Sul e Uruguaiana
SC – Balneário Camboriú, Brusque, Chapecó, Criciúma, Itajaí, Jaraguá do Sul, Lages e Palhoça
SE – Nossa Senhora do Socorro
SP – Araçatuba, Araras, Atibaia, Barretos, Birigui, Bragança Paulista, Botucatu, Caraguatatuba, Catanduva, Cubatão, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Franco da Rocha, Guaratinguetá, Hortolândia, Itapecerica da Serra, Itapetininga, Itatiba, Itu, Jandira, Jaú, Mogi Guaçu, Ourinhos, Pindamonhangaba, Poá, Ribeirão Pires, Rio Claro, Salto, Santa Barbara d’Oeste, Santana do Parnaíba, São Caetano do Sul, Sertãozinho, Tatuí, Valinhos, Várzea Paulista e Votorantim.
TO – Araguaína

Anterior Recolhimento de pilha e bateria será feito em todos os municípios de SP até 2020
Próximos Anatel diz ao Cade que zero-rating não prejudica a competição