Oferta de ações da Telefônica Vivo movimenta R$ 16 bilhões


A captação de recursos foi feita para o pagamento da GVT. Conforme a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a oferta primária de ações ordinárias e preferenciais da Telefônica/Vivo na noite de ontem,27, chegou a R$ 16,07 bilhões, quando foram negociados 121.711.240 ON e 243.086.248 PN.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) informou na noite de ontem, 27, que a oferta de ações ordinárias e preferenciais da Telefônica/Vivo, para a compra da GVT, alcançou o montante de R$ 16,107 bilhões.

Foram negociadas 121.711.240 ON, que arrecadou o mantanto de R$ 4,682 bilhões pelo preço de R$ 38,47 cada. E comercializadas 243.086.248 PNs, que arrecadaram R$ 11,425 bilhões, no valor unitário de R$ 47.

A operação foi feita para pagar a compra da GVT à francesa Vivendi e previa a distribuição primária de menos papeis, mas acabaram sendo vendidos lotes extras.

PUBLICIDADE

 

 

Anterior Dólar alto fez brasileiro priorizar smarpthone nacional
Próximos Berzoini vai ao TCU para agilizar troca de AM por FM. Preço foi calculado em dólar