PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Negócios

Odata vai investir US$ 35 milhões em novos data centers no México

Aporte vem da IFC, organização do Grupo Banco Mundial que, antes desta transação, já havia apoiado a empresa com US$ 60 milhões para consolidar as suas operações no Brasil

A Odata conseguiu US$ 35 milhões (cerca de R$ 168 milhões) com a IFC (International Finance Corporation) e vai investir em novos data centers no México. A provedora brasileira de serviços de data centers inaugurou o primeiro centro de processamento na cidade mexicana de Querétaro em abril deste ano. O aporte será utilizado para financiar a construção e operação de mais um centro de dados ali.

A IFC, organização do Grupo Banco Mundial, tem funcionado como parceira fundamental para a participação da empresa brasileira no setor. Antes desta transação, a IFC já havia apoiado a empresa com US$ 60 milhões para consolidar as suas operações no Brasil. A parceria começou em 2020.

Fernando Jaeger, Diretor de Novos Negócios da Odata, diz que a construção de mais um data center em Querétaro vai gerar muitos empregos na região. O fator energia é um dos principais desafios no México. A empresa brasileira afirma que é essencial mapear com antecedência as restrições existentes e investir em soluções de eficiência energética voltadas à sustentabilidade.

Comprometimento

A IFC é o braço de empréstimos para o setor privado do Banco Mundial, com foco em infraestrutura, telecomunicações, mídia e tecnologia (TMT) em mercados emergentes em todo o mundo. Desde 2010, a instituição mobilizou US$ 321 bilhões para projetos do tipo globalmente.

Em novembro de 2021, a IFC se tornou sócia minoritária da Highline e da Scala, ambas controlados pelo fundo norte-americano Digital Bridge. Dois meses depois, a Odata recebeu R$ 165 milhões em rodada de investimentos coordenada pela IFC.

Fundada em 2015, a Odata possui, além do data center no México,  três data centers operando no Brasil e um na Colômbia. A empresa também já iniciou sua atuação no Chile.

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Demanda por DWDM cresce e Multi PRO | ZTE amplia portfólio.
Além do DCI ZXONE – 7000 C2D produto lançado recentemente, a marca trará atualizações para equipamentos que já estão no mercado