Obama apoia competição no conversor de TV paga


A proposta apresentada pela FCC (agência reguladora  norte-americana) de permitir que as famílias norte-americanas comprem seus próprios conversores de TV paga, para ampliar a competição de novos aplicativos e aparelhos, ganhou o apoio do presidente Barack Obama.

Essa proposta da FCC faz parte da iniciativa do departamento para promover mais ações pró-competição, para ampliar a oferta de mais opções de produtos. Na avaliação da agência,  com a liberação para a venda desses aparelhos,  os usuários não ficarão mais dependentes da operadora de TV paga, que aluga o conversor o que poderá estimular o surgimento de novos e diferentes produtores de conteúdo e fabricantes de devices.

A posição do presidente Obama ganhou apoio do grupo pelo direito dos consumidores. Para seu presidente, Gene Kimmelman, “o apoio do presidente para um conversor competitivo vai permitir que os consumidores finalmente possam deixar de ser explorados pelo monopólio dos operadoras de cabo, que detêm um mercado de US$ 15 bilhões ano, para permitir que novos serviços de streaming de video e novos aparelhos possam surgir”.

PUBLICIDADE

 

Anterior Taxa do Fistel precisa diminuir para viabilizar M2M na 5G, afirma GSMA
Próximos Anatel quer liberar mais 163 MHz em espectro a operadoras