Novo ministro diz que “nunca abandonará a ciência e a tecnologia”


Paulo Alvim assume MCTI. Crédito: Freepick
Paulo Alvim assume MCTI. Crédito: Freepick

Paulo Alvim é o novo ministro da  da Ciência, Tecnologia e Inovações (Mcti). A cerimônia de transmissão de cargo ocorreu na tarde desta quinta-feira, 31, no órgão. Em seu discurso,  Alvim disse que o país só se transforma se avançar  de forma coesa, integrada e convergente em educação ciência e tecnologia. “Estou há quatro décadas nesse negócio. Nunca abandonei a ciência e a tecnologia”.

O novo ministro, que antes era secretário  de Empreendedorismo e Inovação do Mcti, disse que nunca o ministério esteve tão bem em relação às vinculadas. “Fizemos uma linha de cooperação conjunta. Hoje, podemos falar que temos a família Mcti. Temos grandes desafios, como o orçamento”, reconheceu.

PUBLICIDADE

Marcos Pontes, que passou o cargo à Alvim, disse que muita coisa foi construída nesses três anos e meio. “Passamos por apertos como corte no orçamento, a separação das Comunicações, a pandemia e alguns outros. Também trabalhamos, junto com a Anatel, para colocar a tecnologia do 5G na rua.” Apropriando-se também do novo serviço que vai ser lançado em julho

A gestão de Pontes foi marcada por momentos conturbados e desastrosos, como a demissão de Renato Galvão, ex-presidente do INPE, perda de orçamento para a pasta, redução de recursos para pesquisa e desenvolvimento científico.

Na manhã desta quinta-feira, Alvim tomou posse no Palácio do Planalto com os outros novos ministros do governo federal. Os decretos com as exonerações a pedido dos ministros foram publicados hoje cedo no Diário Oficial da União (DOU).

Currículo

Paulo Alvim é Engenheiro Civil pela UFRJ – turma de 81; Mestre em Ciência da informação – UnB / Mestrado em planejamento de transporte – COPPE-UFRJ / Especialização em Inteligencia Competitiva – UFRJ / MBA emGestão de pequenos negócios – FGV. Professor universitário por 16 anos nas disciplinas de gestão da inovação e gestão de pequenos negócios.
Experiência profissional:  Analista e coordenador do escritório BSB da Finep / assessor na Secretaria de Tecnologia Industrial do MIC / coordenador de prospecção tecnológica da SCT da Presidência da República / Vice Diretor do IBICT / Secretário Geral Adjunto do MEC / Secretário Adjunto do Meio Ambiente e de Ciência e Tecnologia do GDF/analista, superintendente, gerente de inovação / agronegócio / acesso a mercados e serviços financeiros do CEBRAE/ SEBRAE

 

PUBLICIDADE
Anterior Desktop ganha 39 mil assinantes no 1º trimestre de 2022
Próximos Vivo inclui Teams Essentials em portfólio para PMEs