Novo caderno do e-book Campo Digital traz o perfil das AgTechs


No levantamento realizado pelo Radar AgTech 2019, foram mapeadas 1.125 startups, das quais 196 dedicadas a soluções para o que se denomina “antes da fazenda”, 397 que envolvem processos “dentro da fazenda” e 532 que se situam no “depois da fazenda”,

O Brasil é uma das três potências agrícolas e o terceiro maior exportador de alimentos do mundo, ocupando um papel estratégico nesse segmento econômico. Para manter sua posição competitiva globalmente, o país construiu um ativo ecossistema de inovação, que ganhou escala e investimentos mais pesados nos últimos cinco anos, unindo esforços de universidades, centros de pesquisa, empresas públicas e privadas e  as AgTechs, startups que nasceram com foco em tecnologia aplicada ao agronegócio. Este é o tema do segundo caderno do Relatório Exclusivo Campo Digital, novo produto do Tele.Síntese.

O primeiro caderno, já publicado e disponível em formato digital na nossa base de dados,  relata a ação da agricultura brasileira na implementação de soluções inovadoras para assegurar o abastecimento da população desde o início da pandemia e traça uma radiografia do setor, sob o ponto de vista da tecnologia, mostrando os avanços ocorridos nos últimos cinco anos, quando entraram em cena dispositivos como o uso mais intensivo de drones, máquinas conectadas, tecnologia embarcada, softwares e redes de IoT.

PUBLICIDADE

Para saber mais sobre as startups e as parcerias com grandes empresas e a academia, leia essa nova edição, disponível aqui, gratuitamente. (Da redação)

Anterior Na TIM, 5G é resultado de iniciativas de inovação aberta
Próximos DF tem nova Lei das Antenas e silêncio positivo acelera a 5G