Nova regra de numeração é tema da live do Tele.Síntese


Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

A Anatel aprovou o novo regulamento de numeração, que entra em vigor no dia 3 de outubro, mas frustrou os ISPs ao decidir que o Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) somente terá acesso a esse recurso ao final da concessão da telefonia fixa, em 2025. Há possibilidade de os provedores reivindicarem a antecipação e da Anatel atender a esse pedido?

Esse será o debate da live do Tele.Síntese da próxima segunda-feira, 30, com a participação de Cristiane Sanches, integrante do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint) e Felipe Roberto de Lima, gerente de Regulamentação da Anatel. A análise de impacto das novas regras será apresentada na conversa.

PUBLICIDADE

Outro ponto que será debatido é sobre as alterações de regulamentos necessárias para adotar a numeração no SCM, quais são eles e se já há previsão de quando as mudanças serão feitas. Um dos citados é o do Serviço de Acesso Condicionado (SeAC), que dependerá de aprovação de lei. Há possibilidade que ocorra ainda este ano?

Os convidados poderão esclarecer dúvidas como a existência de um serviço convergente, se é apenas para fins regulatórios. Para o consumidor final, continua a percepção de telefone fixo, móvel e VoIP ou a partir de 2025 teremos serviços que funcionarão em qualquer dispositivo, independente de origem e destino. Além disso, se em 2025, os ISPs ainda terão interesse em ter numeração própria, dado o ritmo de convergência e adoção de plataformas digitais.

O debate começa sempre às 14h30. Não deixe de participar e fazer perguntas aos debatedores. Cadastre-se aqui.

PUBLICIDADE
Anterior Anatel vê na redução do ICMS do setor um benefício direto ao consumidor
Próximos Telebras instala 27 pontos satelitais para o Exército na fronteira da Amazônia