Nova MVNO destina parte do faturamento a causas LGBTQIA+


A Todes Telecom, nova operadora que surge no mercado em abril deste ano, doará 5% do seu faturamento mensal para ONGs ligadas a causa LGBTQIA+. A provedora também criou uma opção para que clientes tenham a opção de utilizar seus cashbacks para realizar doações para essas organizações.

PUBLICIDADE

Pertencente ao Grupo Cuore, a marca será especializada em ofertas de serviços de telecom digital 4G voltadas para a comunidade LGBTQIA+. Por isso, a operadora também está testando a primeira assistente virtual sem gênero, que deverá começar a operar no segundo semestre de 2021. Os atendimentos também terão como base o uso do nome social.

De acordo com Luciano Davi, CEO da Todes Telecom, o objetivo da operadora é “reforçar o conceito inclusivo e participativo das pessoas”. A marca utilizará a infraestrutura de rede da TIM, enquanto a Surf Telecom realizará o gerenciamento de dados e telefonia da operadora.

Em relação ao pessoal, 65% dos funcionários da empresa fazem parte da comunidade LGBTQIA+. Além disso, a operadora contará com consultoria de Eliezer Filho, eleito pela Yahoo Finance, em 2019, e Outstanding, em 2020, como um dos 100 principais executivos LGBTQIA+ do mundo.

A Todes Telecom ira operar por meio de canais digitais. Seus serviços estarão disponíveis em todo o Brasil, com cobertura de entrega dos chips pelo território nacional completo. A marca não exigirá de seus usuários fidelização nem consulta aos cadastros de proteção de crédito, ou seja, pessoas negativadas poderão contratar os serviços. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Governo inclui os Correios no programa de desestatização
Próximos Live vai debater constelação de satélites e redução do Fistel