Nokia reduz prejuízo no segundo trimestre


economia-politica-internet-tendencia-balanco-graficoA Nokia registrou queda de 1% nas receitas no segundo trimestre de 2017, em comparação com o mesmo período de 2016. A receita foi de € 5,6 bilhões. A empresa, que divulgou ontem seu balanço financeiro, teve aumento de 73% no lucro operacional, que somou € 574 milhões.

Os ganhos com o segmento de redes aumentaram 30%, para € 406 milhões. Enquanto o lucro da divisão de ultra banda larga cresceu 4%, para € 191 milhões, da divisão de serviços globais saltou 262%, para € 123 milhões. A Nokia Technologies, área de licenciamento, também multiplicou o lucro, por 158%, para € 230 milhões. Neste caso, o aumento vem de acerto com a Apple.

O aumento dos lucros dos diversos segmentos não resulta, porém, de aumento nas receitas, mas dos cortes de custos da empresa. A receita com redes, por exemplo, encolheu 5% em um ano. Já a de produtos de ultra banda larga caiu 8%, e a de aplicações IP, 4%.

PUBLICIDADE

Prejuízo

Diante disso, a empresa amargou mais um prejuízo, embora menor. A perda líquida foi de € 433 milhões, 40% menos que o resultado negativo de € 726 milhões um ano antes.

Rajeev Suri, CEO da Nokia, afirma que o balanço traz notícias positivas. Segundo ele, a empresa acertou em investir em software. “Começamos a ver os resultados de construir uma unidade forte de software. No trimestre, a divisão de aplicações e analytics cresceram confortavelmente e o momentum foi forte”, falou. Com isso, dá a entender que os balanços futuros também serão positivos no segmento.

Mas ele é cauteloso quanto às compras por parte das operadoras, seu principal tipo de cliente. “Esperamos que o mercado de provedores de serviços de telecomunicações seja desafiador em 2017, mais do que prevíamos [no primeiro trimestre]. Projetamos uma retração entre 3% e 5%”, disse. No começo do ano, a expectativa era de retração de cerca de 1%.

Anterior Frete grátis aumenta vendas online, diz pesquisa
Próximos Amos Genish, fundador da GVT, nomeado diretor geral da Telecom Italia