Nokia obtém empréstimo de € 500 milhões para financiar pesquisas sobre 5G


A fabricante de equipamentos para redes Nokia obteve um financiamento de € 500 milhões (equivalente a R$ 2,4 bilhões) do Banco Europeu de Investimento (EIB). O dinheiro será usado em pesquisa e desenvolvimento de redes móveis de quinta geração, a 5G. O valor foi obtido com apoio do Fundo Europeu de Investimentos Estratégico e faz parte do escopo de um programa de incentivo da União Europeia à inovação. O empréstimo deverá ser pago pela companhia cinco anos após o desembolso, que pode acontecer a qualquer momento pelos próximos 18 meses.

As redes móveis 5G estão prestes a ser inauguradas no mundo. Executivos da mesma Nokia acreditam que no Brasil haverá cases de ativação já em 2019. Nos EUA, na Europa e na Ásia há operadoras já testando a tecnologia. Sua diferença em relação ao LTE (4G) diz respeito à estabilidade, latência baixa (de menos de 10 ms), alta capacidade de transmissão de dados (acima de 1 Gbps por dispositivo) e capacidade de conexões múltiplas por células para a internet das coisas. No comunicado em que confirma o empréstimo, a Nokia prevê o uso da 5G para disseminação das tecnologias de realidade aumentada e virtual, monitoramento médico, automação industria e carros conectados.

PUBLICIDADE

A Nokia pretende, com o valor, desenvolver produtos fim a fim, desde os rádios das antenas, até a rede de transporte e o núcleo, além de aplicações usadas pelas operadoras para gerir as conexões. “A 5G está acontecendo mais rápido do que se esperava e vai propiciar uma série de novos casos de negócio, melhorando muito as aplicações móveis”, disse Alexander Stubb, vice-presidente do EIB.

Anterior CRLV digital passa a valer no DF. Documento será ativado no país todo até o fim de dezembro
Próximos MPF/GO recorre à PGR contra censura nas redes sociais