No primeiro trimestre, indústria de telecom tem déficit de US$ 125 milhões.


Levantamento da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) aponta que no primeiro trimestre deste ano o déficit comercial de produtos eletroeletrônicos foi de US$ 4,85 bilhões, superando em 62% os US$ 2,99 bilhões do mesmo período de 2007. Este déficit é resultado das exportações que alcançaram US$ 2,23 bilhões (6,8% acima de 2007) …

Levantamento da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) aponta que no primeiro trimestre deste ano o déficit comercial de produtos eletroeletrônicos foi de US$ 4,85 bilhões, superando em 62% os US$ 2,99 bilhões do mesmo período de 2007. Este déficit é resultado das exportações que alcançaram US$ 2,23 bilhões (6,8% acima de 2007) e importações de US$ 7,1 bilhões, que superaram em 39,4% as realizadas em igual período do ano passado. No mês de março deste ano as exportações de produtos elétricos e eletrônicos foram de US$ 826,5 milhões, 3,1% superiores às realizadas em igual mês de 2007 (US$ 801,7 milhões).

Telecomunicações

PUBLICIDADE

O setor de telecomunicações exportou, em março último, US$ 196,8 milhões, valor 8,9% inferior ao exportado no mesmo mês de 2007, que foi de US$ 216,1 milhões. De janeiro a março deste ano o setor exportou US$ 566,8 milhões, 9,5% a menos do que os US$ 626,1 milhões exportados em igual  intervalo do ano passado. No último trimestre o setor importou US$ 691,8, valor 84,6% superior ao importado no mesmo trimestre de 2007. No total, o déficit de telecomunicações no trimestre ficou em US$ 125 milhões.

Celulares

Os aparelhos celulares foram os produtos eletroeletrônicos mais exportados pelo Brasil, somando US$ 493 milhões, entre janeior e março deste ano, o que representa 8% a menos do que a soma dos celulares exportados no mesmo intervalo do ano passado. A Argentina foi o principal destino dos celulares exportados do Brasil. As exportações para este país somaram US$ 206,3 milhões de janeiro a março deste ano, cifra 45% maior do que os US$ 142,4 milhões exportados no ano anterior. A Abinee avalia que os resultados da indústria eletroeletrônica reforçam a tendência do setor de fechar o ano com déficit de US$ 20,6 bilhões, conseqüência de exportações de US$ 9,3 bilhões e importações de US$ 29,9 bilhões. (Da Redação)

Anterior Não ao "bolsa-STFC"
Próximos PL 29 será votado amanhã na CC&T