Netflix reajusta preços. Aumento passa de 20%


Serviço de streaming aumenta os preços no momento em que perde assinantes nos EUA e Canadá

A assinatura da Netflix ficou mais cara a partir desta quinta, 22, no Brasil. Os valores subiram para todos os planos. A mais barata, denominada básica, para transmissão em uma tela, sem HD, custa agora R$ 25,90 – um aumento acima de 20%.

O plano Premium, para ter o serviço de streaming em quatro telas, passa a custar R$ 55,90. Para quem já é assinante, os novos valores valem a partir da renovação.

PUBLICIDADE

“Acreditamos que as pessoas tenham mais escolhas do que nunca e estamos comprometidos com a entrega de uma experiência ainda melhor para nossos assinantes. A partir de 22 de julho, reajustaremos nossos preços, que permaneceram os mesmos desde 2019″, comunicou a Netflix, que tem no catálogo séries de sucesso como “Lupin”, “La Casa de Papel” e “Cobra Kai”.

Concorrência

O aumento chega no momento em que a Netflix está crescendo na região. A empresa obteve mais 760 mil assinantes na América Latina, no segundo trimestre de 2021. Em outras partes do mundo, porém, a situação não é a mesma. A empresa anunciou a perda de 430 mil assinantes nos EUA e Canadá.

Ao mesmo tempo, o Disney Plus tem crescimento constante desde sua estreia na América do Norte, em novembro de 2019, assim como HBO Max, Amazon Prime Video e Paramount Plus. E no Brasil, a Globoplay.

Anterior Anatel publica condições para prorrogação de uso da banda A pela Vivo
Próximos Remessas de PCs têm crescimento moderado no 2º tri de 2021