NET diz que nova regra da Anatel vai impor custos de mais R$ 3 bi aos operadores de TV paga


Conforme o diretor de estratégia regulatória da operadora, Gilberto Sotto Mayor, estes custos poderão acabar com as vantagens que vieram com a criação do novo Serviço de Acesso Condicionado, (o SeAC).

O diretor de Estratégia Regulatória da NET Serviços, Gilberto Sotto Mayor, afirmou hoje, durante o seminário Politicas de (Tele)comunicações, que a Anatel está elaborando um novo regulamento que poderá impor custos de mais R$ 3 bilhões aos operadores de TV paga. ” A Anatel foi feliz em criar o SEAC, com um modelo simplificado, licença barata e sem meta de cobertura. Mas o rumo se perdeu. A Anatel elabora uma proposta que vai custar mais R$ 3 bi à indústria de DTH” reclamou o executivo.

Ele reclama da proposta em elaboração pela Anatel de obrigar as operadoras de DTH a mudarem os seus conversores e colocar uma antena interna para receber todas os canais de TV analógica de todas as emissoras de TV. Hoje, as operadoras de DTH não carregam todos os canais locais das emissoras de TV aberta, priorizando apenas a TV Globo, de maior audiência e há muita reclamação das demais emissoras e dos usuários. E é isto que a Anatel está tentando corrigir.

PUBLICIDADE

Para o executivo, o Brasil também está lidando errado com a neutralidade da rede. “Não existe neutralidade se não tem rede”,afirmou.

 

 

 

Anterior AT&T defende regulação ex-post
Próximos Anúncio sobre desligamento da TV analógica começa em Brasília em 3 de abril