“Nenhuma empresa no Brasil conseguiria comprar a Oi sozinha”, diz CEO da Telecom Italia


O CEO da Telecom Italia, Luigi Gubitosi, falou a analistas financeiros na sexta-feira, 8, que o grupo, dono da TIM Brasil não tem conhecimento de que a Oi esteja realizando qualquer processo de venda de sua unidade móvel. Questionado se o negócio seria atraente para o grupo italiano, o executivo afirmou porém que “ama situações como esta”, em que há possibilidade de o mercado passar por uma consolidação.

“A qualquer momento que houver movimento, passando de quatro para três concorrentes, acho que ajudaria a estabilizar o mercado. E, se isso acontecer de fato no Brasil, nós vamos avaliar”, afirmou.

PUBLICIDADE

Ele deu a entender também que qualquer operação de união de ativos com a Oi seria demorada. “Não acho que nenhuma empresa no Brasil, inclusive a nossa, poderia comprar a Oi inteira. Então, será uma transação complicada, mas acho que o tempo dirá”, falou.

A Telecom Italia divulgou na última semana seus resultados para o terceiro trimestre. Na ocasião anunciou também parcerias estratégicas com Google e Santander, que terão efeitos na Europa. No primeiro caso, com a criação de uma subsidiária que vai reunir os data centers e serviços em nuvem. No segundo, com a participação de uma joint venture de serviços financeiros. O grupo teve lucro líquido de € 404 milhões no período, ante prejuízo registrado um ano antes.

PUBLICIDADE
Anterior Impactos da extinção dos fundos setoriais são desconhecidos
Próximos Oi será responsável pelo WiFi de 200 supermercados em MG