NASA e Nokia em parceria para implantação da rede 4G na Lua


Foto: NASA / Unsplash

NASA vai pagar US$ 14,5 milhões para a Nokia fornecer um primeiro sistema de comunicação LTE/4G que será implantado na Lua. O sistema será usado na conectividade de astronautas que pisarem na superfície lunar, a partir de 2022.

Os serviços que serão baseados na rede LTE lunar serão monitoramento de funções vitais, controle remoto de veículos robóticos, navegação em tempo real e streaming de vídeos de alta definição.

PUBLICIDADE

Em 2o18, a Nokia, juntamente com a Audi, Vodafone, PTScientist e SpaceX, havia anunciado uma parceria privada para ativar o 4G na Lua no ano de 2019. Entretanto, a empresa responsável por levar o equipamento à Lua, a Planetary Transportation Systems (PTS), quase faliu, o que levou ao cancelamento do projeto conjunto. Foi apenas em 2020 que a PTS conseguiu se reestruturar, mas aí o projeto já havia sido deixado de lado.

O desenvolvimento da rede lunar da Nokia teve de levar em conta a sua resistência para a realização do lançamento e pouso em solo lunar. Também, há o desafio de operar nas condições extremas do espaço. O sistema irá configurar a si próprio após a implantação da rede. A Nokia também conta com parceria da Intuitive Machines, especializada em fornecimento de sistemas autônomos nas indústrias.

Essas inovações serão utilizadas para alavancar o programa da NASA, Artemis, cujo objetivo é estabelecer operações sustentáveis na Lua até o fim da década. Isso já como preparação para uma expedição em Marte. (Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior TIM e Vivo deverão liderar estratégia OpenRAN no Brasil
Próximos Plenário do Senado deve aprovar nomes da ANPD nesta terça, dia 20