MWC- Governo diz que mercado vai definir preço da faixa de 700 MHz


Barcelona– O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou hoje que a Anatel está elaborando o edital de 700 MHz – que deverá mesmo ser lançado em agosto – seguindo as premissas estabelecidas pelo Poder Executivo. Entre elas, as de que deverá estar prevista a indenização das emissoras de radiodifusão, a garantia de que não haverá interferência ente a TV digital e o LTE (a tecnologia de 4 G) e a garantia da recepção dos sinais.

 

PUBLICIDADE

O ministro negou que a área econômica esteja prevendo uma arrecadação de R$ 12 bilhões, mas confirmou que a expectativa é de arrecadação de R$ 7,5 bilhões.

 

Segundo o Bernardo, ainda há dúvidas no governo se as operadoras de telecom deverão também subsidiar o conversor de TV para a população de baixa renda. Ele entende que é melhor isto ocorrer, pois acha complicado se este subsídio ficar dependendo apenas do Tesouro Nacional. 

VoIP

 

No entender de Bernardo, as concessionárias de telecomunicações (Telefônica, Oi e Embratel) deveriam ser liberadas a oferecer os serviços de Voz sobre IP (VoIP), o que hoje está proibido pela legislação. Mas entende que este debate não precisa ser travado agora. 

A jornalista viaja a convite da Alcatel Lucent 

PUBLICIDADE
Anterior MWC: Venda bilionária do WhatsApp fortalece defesa de datacenter no Brasil, afirma ministro.
Próximos MWC: China Mobile quer padrão global para TDD LTE