Multilaser anuncia linha de produção de chips de memória


(Crédito: Divulgação)
(Crédito: Divulgação)

A Multilaser, empresa nacional de suprimentos de informática e produtos eletrônicos, anunciou que, a partir de maio de 2014, começará a produzir chips de memória para dispositivos móveis em sua planta em Extrema (MG). Serão investidos R$ 74,45 milhões, recursos próprios, em novos equipamentos e contratação de consultoria. A empresa estima a geração de 300 postos de trabalho diretos.

A expectativa da companhia é reduzir em 8% o preço do componente eletrônico. Em uma primeira etapa, será fabricada a memória para tablets e celulares, posteriormente, a tecnologia também estará em smartphones e pen drives da empresa.

PUBLICIDADE

Um grupo de engenheiros da Malásia virá até o país para auxiliar no planejamento da nova empreitada da empresa. O principal insumo para a fabricação, o wafer de silício, será importado de três países: Japão, Taiwan e Coreia do Sul. Para dar continuidade ao projeto, a companhia buscará outros recursos com bancos e órgãos públicos.

“O preço dos nossos produtos variam entre R$ 300,00 e R$ 700,00. Com a ampliação, teremos condições de explorar melhor o mercado e enfrentar a concorrência”, destaca Ostrowiecki. A capacidade inicial de produção será de 400 mil chips por mês e deverá subir para 1 milhão em um ano.

PUBLICIDADE
Anterior Atraso pode comprometer sinal de celular no Itaquerão e Arena baixada
Próximos Votação da PEC que prorroga incentivos fiscais da Zona Franca preocupa a Abinee