PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Negócios

Motorola investiu R$ 500 milhões em P&D na Amazônia nos últimos 5 anos

Fabricante anunciou novos aportes na Universidade Federal de Manaus nesta terça, 28

Manaus, política industrial, mercado, cidade

Nos últimos 5 anos, a Motorola investiu mais de R$ 500 milhões P&D, através de parcerias com Universidades e Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs) da chamada região Amazônica Ocidental (Amazonas, Acre, Amapá e Rondônia).

Essa verba é contrapartida da Lei da Informática, aportada desde 2018, quando a Motorola começou a desenvolver projetos de P&D na região. Já são 14 laboratórios implementados, mais de 500 alunos capacitados, cerca de 50 projetos desenvolvidos, além de 40 publicações científicas.

Nesta terça-feira, 28, a Motorola anunciou ainda parceria com a Universidade Federal de Manaus. Com o acordo, a empresa aportou R$ 25 milhões na expansão do prédio do Instituto de Computação da UFAM, com 8 novas salas de aula e 4 laboratórios de pesquisa.

A Motorola também lança hoje a plataforma PWR2LEARN, um hub que centraliza cursos de extensão e capacitação em tecnologia envolvendo diversas universidades do País – atendendo mais de 500 alunos de graduação e pós-graduação (mestrado e doutorado).

Os laboratórios incluem áreas dedicadas à pesquisa em câmera e performance, segurança da informação, detecção de invasão de aparelhos, entre outros projetos. Os espaços foram projetados com cerca de 100m² de área útil, estão distribuídos em quatro andares.

Em 2017, a Motorola deu início à produção de celulares em Manaus, complementando sua operação da fábrica de Jaguariúna e consolidando sua presença no mercado brasileiro. No início de 2018, iniciou projetos de pesquisa na Amazônia Ocidental em colaboração com instituições públicas e privadas.

“Os esforços representam não apenas um avanço nas operações da Motorola na região, mas também destacam o compromisso da empresa com a inovação, com a pesquisa colaborativa, com o desenvolvimento de recursos humanos de alta qualidade”, afirma Rodrigo Vidigal, presidente da Motorola do Brasil. (Com assessoria de imprensa)

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Chatbot com IA da Mundiale automatiza vendas dos ISPs em até 84%
ISPs ainda podem contar com envio automatizado de boleto com régua de cobrança para reduzir a inadimplência e com gerenciamento fim-a-fim.