Moody’s questiona benefícios da consolidação dos mercados de telecom


Analistas da agência de rating Moody’s devem publicar amanhã (11), segundo o jornal britânico Financial Times, um relatório em que levantam dúvidas sobre as vantagens que a consolidação do mercado de telecomunicações pode trazer. Eles se perguntam o quanto as agências reguladoras nacionais e órgãos antitruste vão exigir medidas para garantir a competição nos países onde há processos de fusão em andamento, o que inviabilizaria aumento de margens.

O principal objeto da análise é a compra da O2 Ireland pela Hutchison Whampoa, de Kong Kong. Segundo o paper, os negociadores podem ter hiperdimensionado o impacto positivo do negócio sobre a pressão competitiva para redução de tarifas. O acordo deve ser acompanhado de perto, pois poderá indicar como os reguladores da União Europeia vão reagir a uma possível fusão de empresas de telecom na Alemanha.

A agência prevê, ainda conforme o Finacial Times, que os principais beneficiários das aquisições serão empresas de cabo, uma vez que os órgãos deverão exigir, em contrapartida, facilidades para estas empresas atuarem como MVNO. Com isso, poderão ofertar telefonia móvel, a baixo custo, em seus combos de internet e TV.

PUBLICIDADE
Anterior TIC na Copa: Imagem de TV em 8k chegará ao Japão
Próximos CPqD e Light vão oferecer solução que usa robôs para detectar corrosão