MJV desenvolve aplicação móvel para controlar doenças crônicas


Com o apoio da Finep, a empresa MJV está desenvolvendo uma aplicação chamada Mobile Saúde, que será testada pelas secretarias de saúde do município e do estado do Rio de Janeiro. O conceito da aplicação segue uma tendência mundial que é orientar o cidadão para que ele mesmo gerencie sua saúde, em tratamentos de doenças …

Com o apoio da Finep, a empresa MJV está desenvolvendo uma aplicação chamada Mobile Saúde, que será testada pelas secretarias de saúde do município e do estado do Rio de Janeiro. O conceito da aplicação segue uma tendência mundial que é orientar o cidadão para que ele mesmo gerencie sua saúde, em tratamentos de doenças crônicas.

O desenvolvimento da aplicação é um projeto de inovação da MJV, financiado pela Finep. Segundo Ysmar Vianna, presidente da MJV, o celular foi escolhido como ferramenta por atender a três requisitos: privacidade, confidencialidade e comunicação direta. A idéia é enviar torpedos para os pacientes, com informações que vão do alerta para tomar medicamentos, fazer exames até o envio de palavras de incentivos para que aquele paciente pratique uma medicina preventiva.

A aplicação permitirá também a automação da coleta de informações, como por exemplo dados sobre a pressão arterial e a prescrição de medicamentos pela equipe médica, com interatividade. Por exemplo, numa mensagem, o médico envia a receita e as recomendações para o paciente tomar o medicamento. Posteriormente, é enviada uma mensagem perguntando se o paciente tomou ou não aquele remédio. A aplicação em desenvolvimento pela MJV foi um dos cases apresentados hoje no 5º Wireless Mundi, realizado pela Momento Editorial, para discutir as tecnologias na inclusão social. (Da redação)

PUBLICIDADE
Anterior Soluções sem fio para combate à dengue e gestão da educação
Próximos Oi antecipa valor de ação da Amazônia Celular para calcular dividendos