Minoritários rejeitam oferta da Oi pelas ações da BrT


Os acionistas minoritários da Brasil Telecom rejeitaram a oferta de relação de troca  das ações da Oi pela das BrT feita pela Oi. Conforme fato relevante divulgado agora, as companhias informam que a simplificação societária proposta em abril de 2008 fica suspensa por prazo indeterminado. A Assembleia Geral da Oi, convocada para discutir a nova …

Os acionistas minoritários da Brasil Telecom rejeitaram a oferta de relação de troca  das ações da Oi pela das BrT feita pela Oi. Conforme fato relevante divulgado agora, as companhias informam que a simplificação societária proposta em abril de 2008 fica suspensa por prazo indeterminado.

A Assembleia Geral da Oi, convocada para discutir a nova oferta de compra das ações da Brasil Telecom, de menor valor, depois do right off  de R$ 1,29 bilhão não previstos quando da aquisição da operadora, foi  suspensa temporariamente pelo período de uma hora para que fossem contados os votos dos minoritários.

Estiveram presentes cerca de 30 representantes de fundos de investimentos nacionais e do exterior, que possuem ações ordinárias e preferenciais da companhia, que representam 28% do capital social. Nos votos dados houve manifestações contrárias e favoráveis à proposta dos controladores tanto por parte dos fundos estrangeiros como o dos nacionais. Após 40 minutos de manifestações de votos, a AGE foi suspensa, para a soma total da votação.

PUBLICIDADE

A proposta sobre as relações de troca entre as ações da BrT e da Telemar (TMAR), que seriam usadas na etapa final da reorganização societária do grupo Oi era de 0,3955 ação ordinária da Telemar para cada ação ordinária da BrT e de 0,2191 ação preferencial classe C da Telemar para cada ação preferencial da BrT.  ( Da redação). 

Anterior Municípios podem inscrever bibliotecas para receber telecentros até sexta
Próximos América Móvil paga US$ 2 bilhões a acionistas da Telmex Internacional