Ministro Pansera, do MCTI, deixa governo para votar contra impeachment


A presidente Dilma Rousseff exonerou hoje, 14, quatro ministros deputados  para voltarem à Câmara dos Deputados e votarem neste domingo no processo de julgamento do impeachment. Nos estados, governadores de diferentes partidos também exoneram seus secretários deputados para participarem da votação deste domingo, contra e a favor do impeachment da presidente.

O ministro da Ciência e Tecnologia, Nelson Pansera, do PMDB, embora tenha o vice-presidente da República, Michel Temer, trabalhando para ficar no lugar de Dilma, sai do governo para votar contra o impeachment. Também voltam para a Câmara  os ministros da saúde,  Marcelo Castro, e Mauro Lopes, da Aviação Civil, também do PMDB. Patrus Ananias, do PT,  deixou o cargo interinamente para retornar ao parlamento.

Foi exonerado hoje também Gilberto Occhi, do PP, mas esse por situação distinta: é que o partido, que era da base do governo, decidiu apoiar o impeachment.

PUBLICIDADE
Anterior Negócios com IoT atingem US$ 31 bi em cinco anos
Próximos Cade investiga indícios de cartel de fabricantes de instrumentos eletrônicos para testes e medição