México vai licitar dois novos canais de TV aberta


O governo mexicano vai licitar dois novos canais de TV aberta e mandar um projeto de lei ao Legislativo mexicano estabelecendo que o acesso à banda larga é um direito constitucional. Esta segunda medida é necessária para acabar com o imposto de 3% sobre os acessos fixos e móveis que são cobrados no país.

 

Além dessas iniciativas, o presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, firmou um pacto com os principais partidos políticos, e o acordo prevê, entre outros, o fortalecimento da agência da concorrência mexicana (a Comisión Federal de Competencia – CFC) e da agência de telecomunicações, a Cofetel. ( Da redação, com agências internacionais).

PUBLICIDADE





PUBLICIDADE
Anterior O primeiro torpedo completa 20 anos
Próximos Apple impede venda de iPhone como aparelho 4G sem garantia de performance da rede